BwUV1nn

10 pessoas tóxicas que não deves levar contigo para o Ano Novo

Consegues sequer acreditar que já é Dezembro? Este ano tem passado por um piscar de olhos e estamos à beira de mais um ano – um ano cheio de possibilidades.

O que tu vais realizar no próximo ano depende muito das pessoas com quem te rodeias. Ou, por outras palavras, depende em grande parte das pessoas de que vais decidir rodear-te.

Ao entrar no novo ano, não te esqueças de não trazeres todo o teu lixo contigo. Deixa esses indivíduos tóxicos em 2015; vais sentir-te muito mais leve, o que te permitirá teres um excelente início de ano.

1. A pessoa que torna a tua vida mais stressante

O stress não é necessariamente uma coisa má – na verdade, é o que fazes com ele que o torna ou não uma coisa má. Se acreditas que o stress é mau para ti, então ele vai ser mau para ti. Se usares o stress como o motivador que é, para te motivar a agir, então o stress pode realmente ser bastante saudável.

No entanto, o stress tanto pode ter origem em situações como em pessoas, e este último caso não é o melhor. Se tens pessoas na tua vida que estão constantemente a conseguir enervar-te, isso é a tua mente a dizer-te e a tentar motivar-te para as removeres da tua vida.

A vida é stressante como ela é. Não precisas de alguém que a torne ainda mais.


2. A pessoa que te usa

Para ser justo, todos nós usamos alguma pessoa – e, geralmente é na boa. Nós interagimos com os outros porque achamos que isso vai beneficiar-nos de alguma forma. Se não acreditássemos que assim seria, então nós não encontraríamos razões suficientes para interagir com elas.

Às vezes encontramos pessoas nas nossas vidas que nos usam de formas que acabam por nos prejudicar. A maioria das pessoas vai usar-nos e, ao fazerem isso, querem manter ou melhorar o nosso bem-estar.

Depois temos aqueles indivíduos tóxicos que nos usam e nos deixam piores, sugando-nos e alimentando-se de nós como um parasita.

Esses tipos de pessoas não têm lugar na tua vida; não os leves para 2016.


3. A pessoa que não te respeita

Cada pessoa que te respeita merece ser respeitada em troca; é assim que o respeito funciona. Se achas que tens uma pessoa ou pessoas na tua vida que têm dificuldade em dar-te o respeito que tu lhes dás a elas, diz-lhes para saírem da tua vida.

Precisas de ter bastante respeito por ti mesmo para nunca permitires que outros te desrespeitem e continuem a ser uma parte da tua vida.


4. A pessoa que consegue sempre magoar-te

As pessoas podem ser muito parvas às vezes. As pessoas que têm importância na nossa vida são as pessoas com que nos preocupamos – ou, pelo menos, deveriam ser. Alguns destes indivíduos, infelizmente, acabam por nos prejudicar e nos causar dor.

O problema é que, quando os outros nos causam dor, somos lembrados do quanto essas pessoas significam para nós. Se elas têm a possibilidade de nos magoar emocionalmente, devemos cuidar delas e do que elas pensam de nós – portanto, permitimos que continuem a ser uma parte das nossas vidas.

Muitas vezes, nós vamos até mesmo permitir que essas pessoas ocupem mais espaço. Pessoas magoam outras pessoas – é apenas a maneira como o mundo funciona. Mas se tens alguém na tua vida que não consegue parar de te magoar, faz um favor a ti próprio e corta essa pessoa da tua vida.

A dor só é boa se ela ensinar uma lição. Neste caso, a lição é parares de permitir que outros te usem como um saco de boxe.


5. A pessoa que parece não conseguir parar de te mentir

Todo o mundo mente. De facto, nos primeiros minutos do encontro de uma nova pessoa, essa pessoa é susceptível de te mentir uma mão cheia de vezes. A maioria das mentiras são inofensivas, mas tudo isso muda quando as pessoas que estão a mentir para ti são as pessoas em quem tu confias.

Preenche a tua vida com pessoas de confiança e vais sentir-te muito melhor. Podes encontrar mentiras em qualquer lugar. Encontrar a verdade, por outro lado, é muito mais raro.


6. A pessoa que sorri na tua cara mas diz mal de ti nas tuas costas

Essas pessoas são a escumalha da escumalha, cobardes que não têm coragem de falar o que pensam. Estes indivíduos gostam de fingir que são teus amigos pela frente, ao mesmo tempo que dizem ao resto do mundo nas tuas costas que tu és um pedaço de m*rda.

Essas pessoas vão arruinar a tua reputação e, como a maioria de nós já sabe, reputação importa muito no mundo em que vivemos. Não vale a pena começares um novo ano com este tipo de indivíduos na tua vida.


7. A pessoa que não se preocupa contigo, mas que adora fingir que sim

Todos nós já tivemos pessoas nas nossas vidas que agem como nossas amigas apenas quando é conveniente para elas.

Estes indivíduos tóxicos são “pseudo amigos” – muito divertidos para sairmos com eles, e mais do que dispostos a aceitar a nossa ajuda quando eles precisam, mas quando tu precisas da ajuda deles, eles estão surpreendentemente longe para serem encontrados.

Estes indivíduos são especialmente tóxicos, porque eles dão-te a ilusão de uma rede de segurança à tua volta. Tu achas que podes recorrer a eles para pedir apoio, mas quando chegas ao seu ombro, tu cais direto para o chão.


8. A pessoa que te empurra para o teu estilo de vida antigo

A vida só é interessante e emocionante se ela estiver constantemente a evoluir. Somente quando estamos constantemente a avançar, melhorando constantemente nós mesmos e o nosso redor, somos capazes de encontrar contentamento e felicidade.

A maioria das pessoas consegue sempre manter nas suas vidas as pessoas que estão a segurá-las para a vida que elas um dia tiveram.

Tu tens trabalhado arduamente para o progresso e tens feito mudanças, mas essas pessoas preferem a vida da forma que costumava ser, e fazem o seu melhor para trazer-te de volta para a caverna da qual tu acabaste de te arrastar para fora.

Sê cauteloso com essas pessoas, elas são muitas vezes difíceis de identificar e conseguem sempre reverter o progresso que tu trabalhaste tão duro para alcançar.


9. A pessoa que te impede de avançares

Há um facto na vida que eu tenho crescido a aceitar ao longo dos últimos anos – um facto que não é especialmente agradável, mas mesmo assim necessário de aceitar como verdade: Muitas pessoas na tua vida, algumas delas a quem tu chamas de amigos, não deveriam ser uma parte da tua vida.

Conforme o tempo passa, nós mudamos como indivíduos. As nossas esperanças e objetivos mudam, muitas vezes deixando os relacionamentos que temos desatualizados.

Muitas das pessoas na tua vida provavelmente não querem viver a vida que tu estás a construir para ti mesmo. Porque elas são egocêntricas, elas vão fazer o seu melhor para criar a sua versão da sua vida ideal e arrastar-te para ela.

Na maioria das vezes, as pessoas não conseguem criar a vida dos seus sonhos, porque elas cercam-se de pessoas que apontam para algo completamente diferente.

Se os teus objetivos não estão alinhados, a tua vida não está também.


10. A pessoa que apenas ocupa espaço

Tudo na vida é limitado. Os recursos são limitados. O tempo é limitado. O espaço é limitado. O que tu podes fazer dentro de um tempo de vida é limitado. Nós não podemos, e nunca seremos capazes de ter tudo.

É por isso que tens que ter muito cuidado não só com o que escolhes fazer, mas com quem escolhes fazer.

Tu só pode manter um punhado de relacionamentos fortes em determinado momento – tu simplesmente não tens tempo suficiente, energia ou o foco mental para lidar com mais.

Se estás a encher a tua vida com indivíduos inúteis, tu és obrigado a criar uma vida inútil. Se alguém não está a adicionar valor à tua vida, então, por padrão, eles estão a levar-te para longe dela.

Deixa-os em 2015 e constrói um melhor círculo em teu redor.

Texto de Paul Hudson (tradução)

Deixa o teu comentário

Recomendado para ti...