gsrf

Amor bom é amor leve.

Amor bom é amor leve.
Amor que leva a tua vida para a frente.
Amor que leva a tua autoestima para cima.
Amor que leva até ti a felicidade que tu mereces.

O amor tem que ser simples.
Sem complicações.
Sem joguinhos.
Sem medos.
Sem carga passada.
Só o essencial. O simples.

Simplicidade traz leveza.
Simplicidade faz com que tudo se encaixe.
Não tem que forçar a barra, não precisa de esforço.
As coisas acontecem e tu nem percebes.
O amor simples é tão leve que tu não tens que tentar, ele é inevitável.

Amor leve é aquele amor que flui naturalmente desde o começo.
Que desde as primeiras conversas já se vai desenhando um desfecho feliz.
Onde os assuntos fluem, a curiosidade pelo outro é verdadeira.
Tu queres sempre mais daquele outro ser pelo bem que isso te faz.
E pelo bem que tu causas de volta.
A leveza da relação faz com que a tua vida seja leve também.

Um amor leve é uma vida leve.
Um amor simples é um amor que dura.

É difícil?
Não é para ser.
Não deveria ser.
Amor tem muitos significados, mas nenhum deles é “sacrifício“.
Ceder faz parte do amor, martirizar-se não.
Sofrer? Nunca é amor.
Tudo o que te magoa não é amor.
Pode ser posse, ego, orgulho ferido, mas amor não é.

Por isso procura um amor que não pese.
Que não seja uma âncora.
Que não te atrase.
Que não te limite.
Procura um amor que não pese no coração.

Procura um amor diferente dos outros.
Os que já passaram deixa lá atrás.
Não esqueças e nem guardes rancor, apenas aprende o que tiveres para aprender e deixa o resto no passado.
Remoer é carregar um peso. Não carregues peso.
Nem atires peso no próximo disposto a amar-te. É injusto.
Amar é complicado.
Entregar-se depois de decepções é difícil, eu sei.
Mas para ser leve é preciso soltar a bagagem passada, levantar as âncoras, abrir a janela.

Aí então procura alguém leve como tu.
Tem algo leve com esse alguém.
E deixa que vocês sejam leves juntos.

Texto de Hudson Baroni

Deixa o teu comentário

Recomendado para ti...