deixal

Deixa-me fazer-te feliz!

Já um velho sábio dizia que o caminho certo é o caminho da felicidade.

Ultimamente, tenho pensando em quem estará lá para tomar o meu lugar. Quando eu for, tu vais precisar de amor para iluminar as sombras do teu rosto, para por um brilho nesses olhos encantadores, para te fazer esboçar esse belo sorriso… Oh! Esse sorriso que é o mais belo do mundo! Se eu pudesse, se eu pudesse eu iria para qualquer lado onde quer que fosses! Para qualquer lugar do mundo, nem que fosse numa cabana junto à praia, ou somente naquela areia fria ao cair da noite, eu iria para onde tu fosses, bastava que me pedisses… Bastava que o desejasses!

Lá em cima ou lá em baixo, eu iria…

Mas o destino é implacável ou então, nós é que fazemos com que assim seja… Eu vejo o teu olhar petrificado, uma coroa de espinhos mesmo ao teu lado, vejo um caminho, um caminho sem cessação, sombrio, sem alegria, sem felicidade, um caminho sem mim… Não duvides que seria eu que te iria fazer a pessoa mais feliz de todos os mundos, iria dar alegria ao teu coração, brilho aos teus olhos e iria fazer-te sorrir e mostrar ao mundo esse belo sorriso.

Foge com o meu coração, foge com a minha esperança, foge com o meu amor, foge comigo! Foge e eu prometo, diante do mundo, ou então a ti, somente a ti (porque só tu importas) diante daquela velha lâmpada de poste quebrada, que és tudo o que preciso e o que eu quero! Tranca as portas, deixa o mundo lá fora e concentra-te em mim, em nós, naquilo que podemos ter e construir juntos! Eu prometo que nunca te magoarei! A verdade é que quando eu olho para dentro dos teus olhos, eu vejo um mundo diferente, eu vejo e acredito que a felicidade é possível, que o amor nos pode unir e podemos ser felizes juntos!

Eu quero um dia poder olhar para as páginas da minha vida, e recordar memórias de mim, de ti, de nós os dois juntos, basta que me dês uma oportunidade, basta que me deixes mostrar-te como o mundo pode realmente ser belo, como a vida não é tão monótona e infeliz como tu julgas, deixa… deixa-me mostrar o quanto as estrelas brilham e o quanto a lua é bela num daquele dias quentes de verão… Deixa-me… Deixa-me entrar na tua vida e mostrar-te… Confia nas minhas pobres mas sinceras palavras, confia em mim e no que sinto por ti.

Por favor, confia!

Texto de Ana Isabel

Deixa o teu comentário

Recomendado para ti...