jfd

Gosto de pessoas que me deixam marcas, e não cicatrizes.

Há pessoas que entram na nossa vida e mudam tudo, pessoas pelas quais vale a pena parar, respirar e valorizar. Valorizar o que realmente importa. Os detalhes, as pequenas coisas, como a água do mar, as nuvens, um olhar daqueles que dizem tudo, os olhos, a forma como eles sorriem…

Há pessoas que são feitas de aço inesquecível, pessoas que fazem com que tudo faça sentido, mesmo até as coisas que não importavam antes de as conhecemos. São pessoas reais que marcam um “antes e depois” nas nossas vidas e deixam a sua marca nas nossas memórias.

Há uma grande diferença entre deixar marcas e deixar cicatrizes.

Há uma enorme diferença entre marcas e cicatrizes. As cicatrizes são sinais de danos, dor, feridas abertas, emoções que precisam de limpeza e tratamento. São sinais que não optamos por ter e que nos lembram que a dor poderia ter sido evitada.

No entanto, as marcas ficam na nossa pele e nas memórias que nos fazem reviver momentos de amor, aprendizagem e crescimento.

Portanto, a quantidade de pessoas ao nosso redor não importa tanto quanto a sua qualidade. Se alguém nos fere sistematicamente, devemos considerar limpar as nossas proximidades, melhorar o nosso foco e permanecer em relacionamentos que resultem em contribuições e crescimento mútuo.


São pessoas que te abraçam e reconstroem o teu interior.

“A maneira de dar vale mais do que o se dá.” – Pierre Corneille

Pequenos detalhes dão significado ao sentido da vida, mudam tudo, tornam aquilo que é normal e diário em importante.

Pessoas especiais não esperam que as coisas aconteçam, fazem e procuram o que querem até que receberem.

“Cada pessoa que passa pela nossa vida é única. Deixa sempre um pouco de si e leva um pouco de nós. Haverá aquelas que levarão muito, e aquelas que não nos deixarão nada. Esta é a prova de que duas almas não se encontram por acaso.” – Jorge Luis Borges

Há pessoas que deixam uma marca forte no nosso coração, porque houve um tempo em que partilharam o mesmo caminho connosco. E, embora elas possam não estar mais contigo, tu nunca irás esquecê-las.

Porém, elas não se esforçam para deixar essa marca, ela aparece sem perceber. São aquelas pessoas que te dão uma outra visão do teu mundo, ajudando-te a questionar o teu passado, presente e futuro.


Há pessoas que deixam a sua marca e outras que nos marcam para toda a vida.

As pessoas especiais aparecem por acaso, ou talvez intencionalmente, e mudam-nos para sempre. Fazem-nos abrir os olhos, ver o que nos magoa, e proporcionam uma mudança maravilhosa na nossa vida.

Ainda que haja sempre altos e baixos, no entanto, ao lado destas pessoas nada dói muito. Porque as pessoas que deixam a sua marca não causam danos permanentes. Apesar de elas, às vezes, virarem a tua vida de cabeça para baixo, quando tu pensares em sorte, elas serão a tua primeira associação.

Texto de Raquel Aldana (tradução)

Deixa o teu comentário

Recomendado para ti...