rehg

Mereço alguém que soma e não suma.

Mereço alguém que não abandone a conversa mesmo quando não tiver mais assunto para continuar. Alguém que faça questão de se sentar ao meu lado, que encontre sempre um espaço e um tempo para me encaixar mesmo que a rotina seja apertada e o tempo curto demais. Alguém que confira se tranquei as portas, e se desliguei o café porque eu esqueço sempre. Alguém que saiba que amar não é obrigação, que zelar é um gesto importante e que o amor não se acaba com os erros. Alguém que tenha paciência comigo, que aceite o meu atraso porque eu sempre fui indeciso em escolher a melhor roupa para não fazer feio. Alguém que entenda a minha mania de ansiedade. Alguém que me leve ao cinema sem data ou hora marcada, que me faça bem, que me tire da cama e me apresente aos lugares, aos amigos e ao mundo. Alguém que me abrace mesmo suado, que me beije de manhã cedo sem pensar em bafo, que acaricie a minha nuca e que, ao mesmo tempo que me olha, diga com um só sorriso que eu sou importante sim.

Mereço alguém que me encare quando eu estiver distraído, que sorria da minha cara de preocupado e de assustado, que me ligue para narrar o seu dia, que encoste o ombro no meu peito enquanto faz frio e o filme passa. Alguém que não precise de mim apenas nos piores momentos, mas que precise de mim sempre. Alguém que não tenha vergonha, nem orgulho, que some e não suma, que fique e não desapareça, que não me vire a cara se eu disser tolices e que, ao menos, me permita dar um beijo como desculpas. Alguém que me faça sorrir sem se preocupar, nem se importar se o meu cartão de crédito está no vermelho ou se vou ter que pagar duas cadeiras na faculdade. Alguém que me faça esquecer os problemas só em sorrir para mim e que me deixe com aquela sensação ao voltar para casa de que o meu dia está ótimo mesmo quando estiver um desastre. Alguém que encontre nos piores momentos uma lição, e que nos melhores momentos encontre sempre um bom exemplo para melhorar a nossa relação. Não mereço alguém que não sabe o que quer, mereço alguém com certezas. Mereço alguém que seja sincero comigo e principalmente, que se entregue por inteiro porque eu não estou aqui para receber metade de ninguém.

Não mereço alguém que tenha conversas sem nexo, que enrole, que fale meias palavras e se encha de desculpas. Não mereço alguém que me dê mais perguntas do que certezas, que seja a causa e não a solução para os meus problemas. Mereço alguém que troque o seu domingo de praia por um domingo em casa, que acorde tarde e que use os meus chinelos sem se importar se são dez vezes maiores do que o seu pé. Alguém que repare no estado do tempo mas que não tenha medo dele, que tenha a mania de ler as notícias dos jornais só depois de ter lido o horóscopo do dia na página seis. Alguém que largue as roupas pela casa, que estenda a toalha no varal meio bagunçada, que se sinta bem comigo e que mesmo depois de me mandar para o inferno, me procure. Alguém que chegue rápido, que adie a hora de ir, que fique para agora e que vá só depois que a saudade se acalmar um pouquinho. Alguém que não desista de mim e que me faça sentir que sou realmente importante e necessário.

Texto de Iandê Albuquerque

Deixa o teu comentário

Recomendado para ti...