fjxzx

Não ignores a química entre duas pessoas

A química entre duas pessoas tem um propósito. Não é aleatória; não é um acaso. Há informações essenciais na atração que ocorre entre duas pessoas.

É importante para nós sabermos a utilidade da química para que possamos usá-la e sintamos mais amor nas nossas vidas. Sem compreendermos que há uma ordem secreta para o amor, nós sentimo-nos fora de controlo. E ninguém gosta disso.

Não te preocupes, tu não estás fora de controlo. Estás apenas no amor. E há uma razão para tu sentires uma forte atração química por certas pessoas.

Eu ouvi muitas vezes as pessoas falarem sobre química como se fosse uma coisa ruim ou má. A dizer que devemos ser cautelosos com as pessoas pelas quais somos atraídos. E eu entendo a razão pela qual esse é um aviso comum: Porque as pessoas pelas quais nos sentimos atraídos tendem a trazer os nossos problemas para a superfície.

É verdade que a forte atração faz-nos dar um passeio selvagem no amor. Mas a pergunta é: Isso é realmente uma coisa má?

Algumas pessoas vão dizer que sim. Claro, se tu queres que a vida seja fácil, então o caminho da forte atração não é para ti (Nota: Existe um caminho fácil? Eu ainda estou a tentar descobrir isso). Claro, todos nós queremos que o amor seja simples. Mas nós somos complicados! Então, por que razão os nossos relacionamentos seriam diferentes?

De uma perspectiva espiritual, o amor deve ser um passeio selvagem. Isso não significa que devemos ficar em relacionamentos abusivos ou horríveis. Mas isso significa que reconhecemos que o amor vai fazer-nos crescer em versões mais completas de nós mesmos. E isso não é fácil!

Sentimentos como insegurança, dúvida, medo, inveja, julgamento e desprezo (todos sentimentos de ego) vão aparecer com as pessoas que mais desejamos. Devido a isso, muitos de nós categorizamos essas relações altamente atraentes como “más” ou “negativas”. Espiritualmente falando, no entanto, essas relações estão a fazer o que devem fazer – a trazer o teu ego para a superfície para que tu possas transformá-lo.

Quando nos lembramos de que as relações são destinadas a nos ensinarem e a nos fazerem crescer, nós encaramos o “mau” de maneira muito diferente. Sabemos que há uma lição em cada desafio.

Lições de amor assumem muitas formas diferentes. Às vezes, a lição é aprender quando devemos deixar uma relação. Às vezes, a lição é aprender a olhar ao redor e encontrar outros motivo para continuar em frente. Às vezes, a lição é aprender a perdoar o outro. E outras vezes, a lição é aprender a nos perdoarmos a nós mesmos.

Sim, todos nós queremos a paz nos relacionamentos; que supostamente nos devem fazer felizes e amorosos. E quando isso não está a acontecer, sabemos que nos estamos a desviar do caminho do amor e temos de voltar à pista. É assim que crescemos.

Não ignores ou subestimes a química que tu sentes; lembra-te que ela existe por um motivo. As pessoas que mais te atraem têm todas algo para te ensinar. Mostra-te aberto para as lições que elas têm para ti.

Texto de Shelly Bullard (tradução)

Deixa o teu comentário

Recomendado para ti...