yrjd

Ninguém deixa de se importar contigo da noite para o dia. Se isso acontecer, é porque nunca se importou.

É verdade que as relações mudam e que o amor pode acabar. Sabendo isto, é natural aceitarmos que num momento ou outro poderemos passar de um primeiro plano para um segundo ou até terceiro. No entanto, não é tão lógico que essas mudanças aconteçam da noite para o dia, ou que aconteçam num relacionamento onde supostamente há amor.

Quando vivemos isso na nossa pele, começamos a estruturar um mapa mental a fim de saber quais foram as causas pelas quais fomos deixados. Obviamente, a consequência direta de nos obcecarmos com isso é muito simples: acabaremos por criar uma história na qual nem mesmo nós acreditaremos.

Tentamos desculpar a pessoa que nos ignora, que age com indiferença e até mesmo nos fere. Suportamos noites sem dormir, acabamos com a nossa autoestima, dizemos adeus ao orgulho e deixamos em migalhas o nosso amor-próprio.

No final, o panorama diante de nós é sombrio: autodestruímo-nos e quem esteve ao nosso lado permitiu ou até mesmo promoveu essa destruição. E sim, tu podes estar no chão, mas não há nada como tocar no fundo para vir à superfície.

No final, tudo se resume a isto: alguém que não é capaz de fazer algo para poupar um sofrimento teu, não merece o teu amor. O amor não tem arrogância, ideais nem orgulho.

O amor é cumplicidade e camaradagem, o que significa capacidade de confiança. Amar implica também uma responsabilidade, de tornar suportáveis os maus momentos, de desfrutar dos bons, de andar de mãos dadas e ser acompanhante. Quando tudo isso falhar, há algo de errado…

“Quando tu estás num relacionamento e percebes que o teu parceiro não evita o teu sofrimento, mesmo podendo, tudo está acabado”.

4 sinais de que tu não estás a ser valorizado

1. A pessoa não evita o teu sofrimento porque se importa mais com a sua própria vida

O facto de que vale mais o seu orgulho, o seu trabalho ou os seus interesses que o teu bem-estar é um indício de que algo está muito errado.


2. Não atende às tuas solicitações e até mesmo faz-te sentir culpado e egoísta quando pedes alguma atenção

A pessoa não respeita nem mesmo os fundamentos de uma relação: dedicação e gratidão.


3. Os pequenos detalhes estão ausentes

Vocês não partilham praticamente nada. Não porque tu não queiras, mas sim porque qualquer coisa vem antes de ti. A pessoa não tem nenhum interesse em fazer-te sentir especial e nem em manter viva a chama do amor.


4. Não se preocupa contigo

Tu podes sentir que a pessoa está mais perto de ti nos momentos bons, embora provavelmente não esteja ao teu lado em nenhuma circunstância.

“Não vale a pena mover montanhas por alguém que não move uma pedra por ti. É hora de começar a dar as ausências a quem não te valoriza. Liberta-te e liberta as tuas emoções …”

Texto de Raquel Aldana (tradução)

Deixa o teu comentário

Recomendado para ti...