sad-woman-looking-out-window3

Surpresa de uma noiva traída para os convidados.

É possível alguém ser traído e ainda sair por cima da situação?

Era um casamento enorme, com cerca de 300 convidados.

Depois do casamento, durante o brinde, a noiva levantou-se, foi até ao palco e pegou no microfone, disse que queria agradecer muito a todos por terem vindo, alguns deles de tão longe, para comparecer ao seu casamento, e especialmente ao seu novo sogro por ter permitido que se realizasse uma festa tão grande e espectacular.

De forma a retribuir os presentes que receberam dos convidados, disse que queria oferecer a todos um presente especial, mas só da parte dela.
Pediu então que todos abrissem os envelopes que estavam colados com fita adesiva debaixo das cadeiras.

Toda a gente ficou com aquele ar de ‘que coisa original’, ‘que ideia bonita’, até que abriram o envelope, dentro do qual estavam duas fotografias do noivo a trair a mulher em flagrante com a madrinha de casamento.

A noiva ficou a observar as reações de todos os convidados durante alguns segundos, depois virou-se para a madrinha de casamento e para o noivo, e disse: ‘Desfrutem da festa, é vossa’.

Retirou-se então, deixando uma multidão estupefacta.

A noiva tinha suspeitado da relação dos dois umas semanas antes do casamento, e contratou um detective para os seguir, confirmando as suas suspeitas de uma traição.

O casamento foi anulado dois dias depois.

Ela não acabou com o casamento imediatamente após descobrir a traição: deixou as coisas seguirem adiante como se nada tivesse acontecido. Fez com que o noivo pagasse mais de 25.000 euros por um casamento para mais de 300 convidados. Fez também com que todos ficassem a saber exactamente como é que as coisas aconteceram, pois se a cerimónia tivesse sido cancelada, a família do noivo provavelmente só iria saber da versão que ele lhes contasse.
Acabou ainda com a reputação do noivo e da madrinha de casamento em frente a todos os seus amigos e familiares.

Por outras palavras: Foi traída antes do casamento, num momento em que alguém jamais merece ser traído, mas vingou-se à altura.

Deixa o teu comentário

Recomendado para ti...