Dormir de conchinha é uma das melhores coisas do mundo - Já Foste

Dormir de conchinha é uma das melhores coisas do mundo

Nem tudo que é bom custa caro, nem tudo que é bom é complicado. Dormir de conchinha é um desses exemplos, é uma dessas coisinhas simples que fazem a gente acordar parecendo uma criança que acabou de ganhar um doce, ou como um cãozinho ao reencontrar o dono depois de uma semana. Só quem já dormiu de conchinha com alguém vai entender do que eu estou falando. Uma das sensações mais simples e reconfortantes do mundo.

Não importa se vocês transaram ou não, dormir de conchinha é bom de qualquer jeito. Ter alguém ali, do lado, grudadinho na gente, principalmente nas noites de inverno. Meu cobertor que me perdoe, mas eu ainda prefiro o bom e velho calor humano. É um ritual, deitar, abraçar, apertar mais um cadinho. É amor demais.

O que tu sentes quando dormes de conchinha com alguém? Acho que o sentimento comum é o de proteção, de afeto e companheirismo. Ninguém dorme de conchinha com qualquer um. É preciso química, interação e parceria. Mesmo entre namorados de longa data, dormir de conchinha sempre desperta alguma nova sensação. É a mágica do ato de dormir ao lado de alguém, desafiando a lei de que dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço.

Dormir de conchinha é uma das melhores coisas do mundo. E, se tu tens alguém para dormir contigo, considera-te uma pessoa sortuda. Nada melhor do que acordar ao lado de quem a gente ama. Nada melhor do que dormir de conchinha.

Texto de Valter Junior

Deixa o teu comentário

Recomendado para ti...